Argentina & Uruguai

Montevidéu – Uruguai

Montevidéu foi fundada pelo governador e capitão do Rio da Prata, Don Bruno Mauricio de Zabala. O processo fundacional da cidade ocorre entre 1724 e 1730, período em que começaram a chegar os primeiros povoadores provenientes de Buenos Aires e das Ilhas Canarias. No ano 1833, foi projetado o novo traçado para a Cidade Nova que começou a ser executado plenamente a partir de 1861.

À diferença da Cidade Velha, que estava amuralhada em todo seu perímetro, a Cidade Nova é projetada com ruas largas e arborizadas onde se estabeleceram luxuosos comércios e grandes residências. Capital com os pés no rio  Abrir ou Fechar Percorrer 30 quilômetros de costa é uma das possibilidades imperdíveis que oferece a capital que nunca dá as costas para o Rio da Prata. Por um extenso trajeto, desde o bairro Capurro até Carrasco, estende-se a Rambla de Montevidéu, orla que foi concebida como um terraço à beira-mar, para o verdadeiro disfrute do litoral da cidade.

Seus diversos tramos possuem especial beleza, pois durante seu percurso, seja a pé pelo seu calçadão, de bicicleta ou de carro, além de belas praias é possível apreciar a arquitetura urbana em volta. Prédios antigos e modernos, praças e espaços esportivos como a pista de patinação do Parque Rodó, a de Skate no bairro do Buceo e vários espaços para prática de ginástica ao ar livre, se sucedem conformando atrações panorâmicas para o turista.

Desde o porto da capital, até o Leste, sucedem-se as praias mais urbanas: Ramírez, Pocitos, Buceo, Malvín, Carrasco; enquanto para o Oeste, existem outras praias mais agrestes e de acesso individual como a Colorada, Punta Espinillo, Punta Yeguas, Zabala e Santa Catarina.

As praias de Montevidéu se caracterizam pelas areias finas e brancas e as águas calmas do Rio da Prata, assim como pela sua segurança. Além do serviço de salva-vidas, todas as praias têm garantida a cobertura de saúde e o cuidado dos banhistas através de postos de primeiros auxílios com atenção médica de urgência e emergência. No verão, além de aproveitar sol, areia e mar, os turistas podem curtir espetáculos e atividades recreativas gratuitas para crianças, jovens e adultos.

Texto adaptado por Angelo Dias, do original em espanhol

Sending
User Review
0 (0 votes)

Sobre o Autor

Angelo Dias

Angelo Dias é Gestor Administrativo do Blog Feliz, Idealizador e Produtor Executivo do Happy Talks.
É também um apaixonado por Empreendedorismo Digital, Marketing Digital e Desenvolvimento Web; atuando desde Maio de 2005 como Redator Freelancer e desde fevereiro de 2010 como Freelancer em WordPress e Assessoria em Artes Digitais.
Atualmente, também trabalha na Área Contábil-Administrativa em Empresa de Grande Porte; e é Coordenador de Eventos em Projetos Voluntários que tem por premissas o Incentivo e Fortalecimento do Networking e o Compartilhamento de Idéias, Conhecimentos e Experiências em favor do Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

Tópicos

Publicidade

error: Conteúdo Protegido!