Minas Gerais

Itaverava

Rodeada por belíssimas montanhas, Itaverava fica a aproximadamente 121 km da capital mineira; tem como destaque os Atrativos Naturais, Cachoeiras, Mata Nativa e o Turismo Religioso Possui muitas cachoeiras e misteriosas cavernas,

Itaverava está repleta de lindas cachoeiras, e as principais são: Moinho, Guarará, Itaqui Baixo e Pé do Morro. Alguns pontos turísticos da cidade de Itaverava: Cachoeira Água Limpa: pequenas quedas d’água formando piscinas naturais. Ela é rodeada por mata nativa, e utilizada para pescaria e motociclismo. Cachoeira da Usina: cachoeira artificial criada pela barragem da usina, com mata ao redor. Caverna da Localidade do Campinho: rodeada por mata nativa, não é muito profunda. Guarará: pequenas quedas d’água formando piscinas naturais. Rodeada por mata nativa. Itaqui Baixo: pequenas quedas d’água formando piscinas naturais, rodeada por mata nativa.

A cidade também possui um valioso patrimônio histórico tombado pelo IPHAN; Casarão do Padre Taborda: casarão assobradado, com sacadas e pinturas internas originais. Escadaria original ladeada por pinturas, construção arquitetônica em estilo colonial mineiro.

A Matriz de Santo Antônio também define bem a época do ouro no Brasil. possue duas torres laterais e escadaria frontal, seu interior é composto por um altar-mor revestido em ouro e pinturas do mestre Athayde em seu teto, é outra grande atração da cidade. Outro ponto turístico da cidade é a Capela de Santa Efigênia .

Sua colonização teve início no século XVII, sendo um dos primeiros arraiais auríferos da região. No verão de 1694, Manoel de Camargos, seu filho Sebastião de Camargos e alguns negros chegaram a Itaverava, descobrindo ouro na região. Logo depois, Manoel de Camargos é morto pelos índios e os sobreviventes retrocedem.

Depois disso, diversas bandeiras chegaram a região com o objetivo de encontrar mais minas. Após a formação do arraial de Itaverava, foi edificada a sua primeira igreja, dedicada a Santo Antônio de Lisboa, em 1726, que se transformou em matriz da localidade.

No século XVIII, quando ainda pertencia ao Termo de Vila Rica, era comum a grafia Itaberaba. Não há discrepâncias em relação a significação do topônimo: “pedra brilhante” ou “pedra reluzente”. O município foi criado em 1962, com território desmembrado de Conselheiro Lafaiete.

Sending
User Review
0 (0 votes)

Sobre o Autor

Blog Feliz

Perfil Oficial do Blog Feliz.
O Blog Feliz compartilha Artigos e Conteúdo Web relevantes e relacionados à Turismo, Fé Cristã e a Viver Feliz; e que são destaques na web. É administrado por Angelo Dias: Fundador, Gestor Executivo e Publisher do Blog Feliz.
A Autoria de Textos, Imagens e Vídeos de Terceiros, quando reconhecida, é prontamente atribuída ao respectivo conteúdo compartilhado pelo Blog Feliz. Quando a Autoria não é muito clara e/ou desconhecida, ao conteúdo correspondente é atribuído como "Autor Desconhecido".
Para maiores informações sobre as nossas Publicações, consulte nossos Termos de Uso.

Tópicos

Publicidade

error: Conteúdo Protegido!